Encontro da Adepol é aberto com a presença de autoridades da segurança pública

21
491

12-05 - adepol2.jpg

Foi aberto oficialmente na noite desta sexta-feira (4) o 43º Encontro Anual de Delegados de Polícia Civil de Santa Catarina. A solenidade contou com a presença do presidente da Associação dos Delegados de Polícia Santa Catarina (Adepol/SC), Ulisses Gabriel; do secretário de Segurança Pública de Santa Catarina, César Augusto Grubba; e do delegado federal e secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame. Na pauta, questões como gestão da segurança pública, combate a corrupção e a relação entre gestores da área de segurança e a imprensa. O evento segue até o domingo (6).

O presidente da Adepol/SC, entidade que promove o encontro, destaca que o tema imprensa estará em evidência durante os debates do evento. “Queremos que a mídia entenda o trabalho do delegado de polícia. Também queremos demonstrar que é possível estabelecer uma boa parceria, prestando um serviço público com transparência”, disse ele, ressaltando a importância da mídia na divulgação das ações realizadas pelo servidor público. “Existe o princípio da publicidade que deve ser cumprido, e nós, autoridades policiais, temos que prestar conta para a sociedade. É por meio da imprensa que isso acontece”, diz o delegado.

O secretário de Segurança Pública de Santa Catarina, César Augusto Grubba, destacou que o encontro servirá para colocar em evidência questões emergenciais da segurança pública no Estado. Conforme Grubba, também serão apresentadas as ações e os projetos previstos para os delegados em conformidade com os objetivos da Polícia Civil. Ele explica que, atualmente, o maior problema é a defasagem no efetivo catarinense, e anunciou para março de 2016 a previsão de nomeação de policiais civis e militares.

Durante a programação de abertura foi realizada a palestra do delegado federal e secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, que falou sobre os aspectos do cenário brasileiro na área de segurança e as ações executadas no Rio de Janeiro. Beltrame também abordou questões relacionadas ao artigo 144 da Constituição Federal, que trata especificamente sobre o setor. “As pessoas hoje acham que segurança pública é polícia. E essa é uma visão míope. Desde a Constituição de 1988, em todo o capítulo de segurança pública, só se vê falar em polícia. Um erro, porque existe segurança primária, secundária, terciária, setorial etc. A polícia é o elo dessa corrente. Segurança pública é a consequência de quando todos os outros segmentos que fazem o ciclo falharam, aí entra a polícia. Mas as causas nunca são analisadas” criticou o secretário.

Programação

Sábado (5)
8h30 – Painel com Delegado David e o jornalista Paulo Alceu, mediado pela jornalista Laine Valgas ( Relação com a imprensa)
9h15 – Palestra comportamental com Dalmir Sant’Ana
10 horas – Palestra de encerramento com o jornalista Moacir Pereira (A polícia civil, a imprensa e a comunicação digital)
10h45 – Intervalo
11h – Assembleia geral ordinária.
13h – Almoço
15h – Programação recreativa.
21h30 – Jantar dançante.
Domingo (6)

Programação livre.

 

Fonte: Adjorisc

21 COMMENTS

  1. payday loans salem oregon [url=http://www.rentechinc.com/]payday loan consolidation[/url] In our present economic situation, lots of people need cash swiftly. There is so much that goes into a monetary scenario, and many people seek to payday loans for assistance. If you’re consider this type of alternative, keep reading this article for practical ideas concerning this subject. Payday loans

LEAVE A REPLY