Forte atuação parlamentar: Adepol acompanha projetos no Congresso

0
1601

A Associação de Delegados de Policia do Brasil (ADEPOL) se reuniu na semana passada com o presidente e com o relator da Comissão Especial que analisa a proposta de Emenda à Constituição (PEC) 339/09, que trata da adicional noturno, deputado Vicentinho (PT/SP) e deputado Manoel Jr (PMDB/PB). O objetivo da reunião foi garantir a inclusão dos delegados de polícia no texto da PEC assegura o direito do adicional noturno aos policiais militares e corpo de bombeiros, bem como a todos integrantes dos órgãos de segurança pública, além de reaver o direito dos policiais federais e dos PRFs (policiais rodoviários Federais) que não percebem adicional noturno desde 2008.

Outro projeto importante para categoria, que a ADEPOL acompanhou de perto a tramitação, diz respeito ao PLS 24/2009. O projeto “dispõe sobre aplicação dos recursos provenientes de depósitos judiciais à disposição da Justiça e sobre a destinação dos rendimentos líquidos auferidos dessa aplicação”. Neste caso, a ADEPOL solicitou aos parlamentares que parte dos rendimentos, seja destinada às Polícias Judiciárias.

O projeto está com o senador Eduardo Braga (PMDB/AM), com quem a ADEPOL fez contato na última terça-feira (27). “Estes recursos viriam para ajudar a melhorar a estrutura das Polícias Judiciárias, com compras de equipamentos e capacitação, de fundamental importância para que se possa fazer um bom trabalho”, argumentou Carlos Eduardo, presidente em exercício da ADEPOL.

Os projetos que tratam da questão da investigação criminal também são de interesse da atenção da entidade. Na última terça (27), a ADEPOL participou da segunda audiência pública sobre o tema realizada neste semestre, representada pelo presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Pará (SINDEPP), João Moraes. A primeira, na semana anterior, também teve o acompanhamento do presidente em exercício, Carlos Eduardo Benito Jorge, e dos demais membros da diretoria, entre eles, os diretores Magnus Barreto; Fernando Beato; Benito Tiezzi; Carlos Diego de Araujo, entre outros.